• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivo da tag Amazônia

Empresas do CIDE apresentam alimentos saudáveis em evento

Chocolates, molhos, comidas regionais saudáveis foram apresentados ao consumidor.

As empresas instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) apresentaram no primeiro dia do “I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia”, produtos considerados saudáveis, orgânicos e inovadores às autoridades e ao público em geral que estiveram ontem, 2, no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), para participarem do evento que mostra a importância do desenvolvimento científico e tecnológico na Amazônia.

Respeitando um protocolo de saúde, no qual todos usam máscaras e mantêm a distância, o estande do CIDE foi um dos mais frequentados, porque reunia produtos da culinária regional, mas com um toque de preocupação com a biodiversidade e a saúde pessoal do consumidor. “Este tipo de evento supera a simples divulgação de produtos desenvolvidos por empreendedores. Significa também uma oportunidade de oferecer novos hábitos alimentares, uma alimentação mais natural, saudável às pessoas por meio dos nossos produtos”, disse o empreendedor Emerson, proprietário da Terramazônia, empresa instalada na incubadora.

O evento também reservou estandes para empresas associadas ao CIDE, que tiveram seus próprios pontos de exposição dentro do CBA. “Desenvolvemos soluções para a agricultura e o agricultor, na área de fertilização do solo, chamamos de Agricultura de Precisão”, diz a representante da Business Global Agriculture, Kênia Castelo, acrescentando que o CIDE é um grande parceiro institucional.”Não estamos sozinhos”, concluiu ela.

Hoje, último dia do evento, é a vez das palestras e as exposições continuam, com entrada gratuita, para conhecer os trabalhados de 40 institutos de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTs), startups locais e empresas instaladas em incubadoras de empresas.

Contato dos entrevistados nesta reportagem:

www.terramz.com.br

businessglobal.com.br

 

Produtos da Karú, empresa instalada no CIDE.

 

Produtos orgânicos da Warabu e da Terramazônia, empresas instaladas no CIDE.

 

Produtos da Karú e da Terramazônia.

 

Profissionais e empreendedores da Terramazônia, Karú e Warabu.

 

Empresários conversam com consumidor.

 

A empresa Karú foi uma das mais procuradas.

 

Estande do CIDE.

 

Estande da BG Agriculture, empresa associada ao CIDE.

 

 

Estande da empresa de cosméticos Biozer da Amazônia, instalada no CIDE.

 

Frutas amazônicas em pó

Produtos na versão em pó da Herbram

 

As frutas do Brasil são famosas no mundo todo devido à grande variedade, aos sabores exóticos e à grande quantidade de nutrientes. O seu consumo se dá de variadas formas: in natura, sucos de polpa, licores, compotas e, inclusive, na versão em pó, livres dos excessos de conservantes. Essa é a proposta da Herbram, empresa que atua no segmento de Alimento e Nutrição, instalada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE).

Segundo o sócio-proprietário da Herbram, o professor universitário, Emerson Lima, a ideia de desidratar as frutas da Região Amazônica, transformando-as em pó, surgiu a partir da dificuldade de logística, de enviar e receber alimentos frescos e da sazonalidade. “O processo desse desenvolvimento começou no CIDE, essa era nossa proposta. Então, dos frutos regionais retiramos, de forma controlada, uma quantidade de água, fazendo que ele tenha uma vida útil mais longa, diminuindo o peso e concentramos esse produto. Desse modo, nós também podemos dar uma vida longa a esses produtos, beneficiando o processo de armazenamento, o estoque, em períodos em que a safra não está vigente e consumi-lo ao longo dos meses, sem necessidade de refrigeração”, diz Lima.

Ainda conforme Lima, cada fruta tem a sua gama de benefícios e são ricas em vitaminas e minerais essenciais que o nosso corpo necessita para se manter saudável. “No nosso caso, as frutas desidratadas e transformadas em pó são o açaí, a pupunha, o cara roxo, o gengibre”, afirma o empresário, acrescentando que dessa forma o produto pode ser transportado para longas distâncias, sem preocupações de estragar. “As nossas frutas regionais amazônicas desidratadas podem servir de base para produtos da culinária regional, como iogurte, sorvete, bolos massas, pudins, torta, pão. E é uma espécie de souvenir para o turista”, destaca o empreendedor.

Para adquirir as frutas em pó e outros produtos, a Hebram disponibiliza os seguintes contatos: 92 98204-2014 e o email: comercial.herbram@gmail.com

 

Frutas em pó

A novidade do momento são os vegetais e as frutas em pó (ou liofilizados). Eles são produzidos a partir da desidratação do alimento.

Os vegetais e as frutas são submetidos a altas temperaturas, forçando a desidratação da água que existe em sua composição.

O alimento em pó também traz muitos benefícios:

Seu volume é muito reduzido, facilitando o transporte. Além de que em pó, não é necessária refrigeração, facilitando o transporte em viagens ou por períodos prolongados.

Os alimentos em pó são ótima opção para quem não suporta o gosto de vegetais e frutas e acaba não ingerindo esses alimentos. Essas pessoas costumam apresentar deficiência de algumas vitaminas e minerais. Sendo em pó, fica fácil adicionar à sopas, almôndegas, hambúrgueres, molhos, bolos e inúmeras outras preparações. (www.minhavida.com.br)

O empreendedor, Emerson Lima, mostra alguns produtos da Herbram

Produtos da Herbram

 

Produtos Herbram

16º Aniversário do CIDE: Revista recorda a data

Entrada principal do CIDE.

Entrada principal do CIDE.

 

A revista Amazônia, na sua edição de maio, traz uma reportagem sobre os 16 anos de existência do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), comemorados no dia 19 de maio, destacando um resumo da história da incubadora, desde a sua idealização até os dias atuais.

 

Para o diretor executivo, José Barbosa Grosso, a incubadora presta um serviço à sociedade. “As incubadoras de empresas apoiam a formação de grupos iniciais y propiciam o intercâmbio de experiências em torno aos avanços em diferentes e diversos segmentos”, diz.

 

Duas páginas fazem um resumo do CIDE, na revista Amazônia.

Duas páginas fazem um resumo do CIDE, na revista Amazônia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}

Pular para a barra de ferramentas